*Pensar que agora será diferente: talvez a relação seja igual, afinal, as pessoas que a constroem não mudaram de personalidade, certo? Portanto, você deve voltar porque ama estar com aquela pessoa, mesmo ela sendo cheia de defeitos e de erros, e não idealizando que ele mudou ou que será como você tanto projeta e imagina. Caso volte com o seu ex acreditando que tudo mudou, você só irá de decepcionar e não conseguirá manter nem um mês no namoro ou no casamento de novo.
Eu fiz questão de falar qual o propósito do UNIDAS DA FOSSA antes de tudo, para que assim fique claro a qualquer mulher que não esteja conseguindo enxergar uma luz no fim do túnel e que esteja obcecada pensando que só quando voltar com o ex e finamente ter ele de novo, é que será feliz. Não é assim. Você não precisa voltar com o ex ou com quem não te quer mais para estar completa. Você não precisa suplicar amor, você não vai morrer disso. Te garanto.
Fale sobre os sentimentos que estão envolvidos. Sem voltar a brigar, fale sobre os sentimentos, situações e outros fatores que levaram aos problemas de comunicação. O mais importante é falar sobre o que vocês sentem. O que você estava sentindo antes da briga? E durante? Faça essas perguntas ao outro e conversem sobre as emoções com clareza e honestidade.[2]

E não pense que os conteúdos são só textos com especialistas ou matérias que seriam mais do mesmo que vemos na internet, não. Tem muita entrevista com quem pode nos ajudar depois de um rompimento? Tem. Mas como eu sempre conto aqui, a minha vida amorosa sempre foi o meu ponto fraco. Tive 7 namorados, todos os meus términos foram super complicados e cheios de mágoas, eu nunca souber lidar com uma rejeição e tive crises homéricas de ansiedade depois desses finais. Com os peguetes, a mesma coisa: muitas relações indignas, muita necessidade de aceitação da minha parte, muita insegurança e uma autoestima bizarramente derrubada.


Esqueça o passado. Durante uma briga, a tentação para insultar o outro ou fazer comentários injustos sobre o passado pode ser muito grande, já que você sabe melhor do que ninguém como atingir seu parceiro. No entanto, esse tipo de atitude só servirá para deixar todos os envolvidos ainda mais irritados, talvez prejudicando a relação de maneira irreversível. Mantenha o foco no problema atual.[19]
Ela decidiu se afastar de você, não te procurar, nem se quer sorrir pra você. Tomou essa decisão porque não se sentia mais importante pra você. E claro, está sendo difícil, ela está enfrentando uma guerra interna contra si mesma. Mas não pode voltar atrás, não dá pra ficar se iludindo de que isso seria importante pra você, ou mudaria sua vida te fazendo um pouco mais feliz. Ela se afastou e você nem sequer notou, se importou ou à procurou. Com certeza ela tomou à decisão certa, mesmo sendo um pouco difícil, ela vai viver assim. Ela se importou demais; e mesmo que ainda se importa um pouco, isso não é e nunca seré suficiente pra você. Toda a preocupação, todo esforço, toda corrida que ela sempre fez pra te ver, nada, N-A-DA que ela fez bastou pra você. Ela se queria atenção e carinho sem ter que pedir ou implorar. Por isso que agora ela segue em frente com a vida dela. Porque pra ela, você
Durante esse período sem contato, não fique de braços cruzados e nem espere que as coisas aconteçam como em um passe de mágicas. Agora você vai se transformar em sua melhor versão. Seu ex notará que você não é uma mulher insegura, e sim que é divertia, forte, sexy e cheia de autoestima. Aquela mulher que tem um ímã e que todos querem por perto, sabe?
Eu não tenho fobia com ex, ao menos não com uma ex que tenha sido bem vivida, bem curtida. Fico mais apreensiva em relação àquelas que podem vir a ser casos passageiros, aventurazinhas bobas, mas que podem surpreender. Não temo fantasmas, temo gente bem viva, bem acordada, oferecendo novidades, fantasias. Ex é um direito adquirido. Chegou antes. Tem privilégios. Merece respeito. E se seu grande amor cair nessa armadilha, terminar com você e voltar para o passado, relaxe, não se apavore. Será sua vez de assombrar. A ex agora é você.
Levem-se em consideração. Esqueçam por um momento o assunto específico da briga e concentrem-se em validar os sentimentos um do outro. Ouça com vontade quando o outro falar, evite interrompê-lo com a sua opinião ou ponto de vista e deixe a pessoa completar o raciocínio. Fique menos na defensiva e abra o coração.[4] Falem sobre o ponto de vista de cada um quanto à situação, tendo em mente que não há uma perspectiva “errada”.[5]
Sua atratividade é determinada pelo aspecto externo, sua personalidade e seu estilo de vida, e isso não somente influencia na possibilidade de reconquistar o amor do seu(sua) ex, mais também ajuda você a obter êxito em outros âmbitos da sua vida. Nós propomos aqui como você poderá aumentar sua atratividade em pouco tempo em cada âmbito da sua vida.
Como já diz o ditado, ninguém nasceu grudado. Se ela quer sair sozinha, qual é o problema? Se ele quer ir ver o jogo de futebol no estádio sem a sua companhia, e daí? Negar a liberdade do outro, falando não apenas de vida amorosa como também de amizade, é o maior veneno para uma relação. A forma mais sincera de estar junto com alguém é querer de fato estar com essa pessoa. Cobranças só fazem com que os encontros tenham uma sensação de obrigação e isso não é nada bom.
O usuário pode aplicar a integridade reversa ativando-a para o relacionamento de tabela. Depois que ele é imposto, o acesso rejeita todas as operações que violam a integridade referencial para esse relacionamento de tabela. O Access também rejeita as atualizações que alteram o destino das referências e também as exclusões que removem o alvo das referências.

Eu mudo o meu jeito, melhoro minhas atitudes. Eu refaço a minha vida, até jogo fora aquela camiseta que você não gosta. Mas diz que volta pra mim. Diz que a gente não acabou assim. Sem mais, nem menos, você simplesmente decidiu partir da minha vida. Mas eu te quero de volta! Eu mudo o que for preciso, abro mão do que não é necessário. Mas volta. Eu posso mudar tudo, menos a saudade de você.
Se você cometer um erro, você não deve dar desculpas, culpar seu parceiro. Assumir a responsabilidade por seus erros é uma ação necessária e importante entre as maneiras de como consertar um relacionamento que está quebrado. Ao fixar um relacionamento quebrado, você também precisa renovar o compromisso, bem como dar novas soluções ou decisões para o seu parceiro. O compromisso pode ajudar o seu relacionamento se torna melhor. A coisa mais importante é conhecer os erros na peça e, desde então, comprometer-se a mudar no futuro.
Um bom relacionamento requer que os diferentes fatores como tempo, distância. Obter e manter um bom relacionamento não é fácil para a maioria de nós. Como corrigir um relacionamento que está quebrado parece mais difícil do que você pensa. Como você sabe, qualquer fator pode afetar seu relacionamento. Eles podem ser razões visíveis, tais como falhas de comunicação ou mal-entendido ou causas dos produtos da mente. No entanto, a coisa mais importante que você precisa saber é como consertar um relacionamento que está quebrado.
Expresse seus sentimentos. Livre-se do hábito de culpar o outro por tudo, o que pode deixá-lo na defensiva. É diferente falar: “Estou muito chateado por não ter visto você na festa ontem” e “Por que você não foi na festa ontem? Onde você se meteu?” Em vez de colocar o foco na outra pessoa, concentre-se em você. Seja dono dos seus sentimentos e expresse-os com honestidade na conversa. Pode parecer mais natural culpar ou acusar o outro, mas mantenha o foco em você e nos seus sentimentos.[9]
×