E não pense que os conteúdos são só textos com especialistas ou matérias que seriam mais do mesmo que vemos na internet, não. Tem muita entrevista com quem pode nos ajudar depois de um rompimento? Tem. Mas como eu sempre conto aqui, a minha vida amorosa sempre foi o meu ponto fraco. Tive 7 namorados, todos os meus términos foram super complicados e cheios de mágoas, eu nunca souber lidar com uma rejeição e tive crises homéricas de ansiedade depois desses finais. Com os peguetes, a mesma coisa: muitas relações indignas, muita necessidade de aceitação da minha parte, muita insegurança e uma autoestima bizarramente derrubada.

Nós o chamamos de perseguição se a pessoa que você está por perto não se sentir confortável, ou é incomodada por alguém estar involuntariamente em sua vizinhança o tempo todo. Em seguida, dizemos que eles são vítimas de perseguição. No entanto, pode ir muito além disso. Com todas as mídias sociais de hoje, é muito fácil entrar em contato com alguém. Não só com a sua vítima, mas também com a família e/ou amigos dele. Assim que você começa a enviar uma quantidade tão grande de mensagens que seu ex se incomoda com isso, você já é basicamente culpada de perseguição.
Passem algum tempo restabelecendo a conexão. Quando começamos a namorar, passamos muitas horas conversando com a outra pessoa e descobrindo do que ela gosta — nós falamos sobre medos, interesses, coisas que amamos e coisas que detestamos. Porém, nos relacionamentos de longa data, esses diálogos podem desaparecer completamente. Nesse caso, você precisará fazer um esforço consciente para reservar tempo para conversar com a pessoa amada diariamente, reconstruindo o vínculo. Todos os dias, separe um momento a dois para ter conversas mais profundas, indo além dos problemas cotidianos.[22]
Caminhamos ao encontro do amor e do desejo. Não buscamos lições, nem a amarga filosofia que se exige da grandeza. Além do sol, dos beijos e dos perfumes selvagens, tudo o mais nos parece fútil. Quando a mim, não procuro estar sozinho nesse lugar. Muitas vezes estive aqui com aqueles que amava, e discernia em seus traços o claro sorriso que neles tomava a face do amor. Deixo a outros a ordem e a medida. Domina-me por completo a grande libertinagem da natureza e do mar.

Com aquele meu 5º ex – que consegui voltar mesmo quando eu jamais imaginei que teria uma chance e te contei aqui -, eu nunca disse que estava com alguém. Mas algumas vezes demorei para responder ele, ou acabei comentando que tinha saído na noite anterior, ou contava que conheci um bar legal e indicava para ele, ou que estava no cinema etc, e tudo isso de alguma forma mexia com ele. Com certeza contribuiu para voltarmos.
×