Pergunto-me se terei um pingo de amor-próprio porque amo um homem egocêntrico, narcisista, individualista. Características que so se tornaram evidentes depois de casarmos. Não sou perfeita mas, uma boa parte das falhas vem dele sim. Já me humilhei, já quase supliquei para que resolvessemos as coisas mas, passamos a vida a discutir e quase sempre por coisas tão banais. Ele diz que me ama mas, já não consigo sentir esse amor. Sinto-me sozinha nesta relação. Estou desesperada. Tudo o que eu mais queria era ter um casamento “normal”, ser feliz ao lado desta pessoa e senti-lo feliz ao meu lado. Estamos casados nem ha meio ano…
A correria da vida cotidiana muitas vezes é a grande responsável pelos problemas dos relacionamentos. Allen Wagner, terapeuta conjugal e familiar, aconselha: "Frequentemente, quando o casal começa a construir uma vida a dois, a conexão é difícil. Vocês se desdobram para cuidar da casa, da carreira e, muitas vezes, dos filhos — nesse último caso, há também a escola, as roupas das crianças, as atividades extracurriculares, as festas de aniversário, e muitas outras responsabilidades para ocupar a cabeça dos parceiros. Para completar, você também tenta cuidar da pessoa amada e de si mesmo, e lidar com tantos afazeres exige muita organização. Lembrem-se de sempre encorajar o esforço um do outro e de reservar tempo a dois, fazendo planos, sonhando e se concentrando juntos no futuro."
Meu ex terminou comigo tem 4 meses, eu literalmente não sei o que fazer, eu amo ele mais que qualquer coisa, ele é a maior prioridade na minha vida, a gente estuda na mesma sala isso me corrói por dentro cada dia mais e mais, eu não sei o que fazer. Vi um desabafo dele no facebook dizendo : EU AINDA AMO MINHA ÊX, MAS SOU TÃO BOSTA QUE MEU ORGULHO FALA MAIS ALTO, eu corri atrás dele mais de 10 vezes e ele não dava a mínima idéia, agora que ele mudou pra mesma escola que eu e estamos na mesma sala, parece que ele se decidiu, mas é tão orgulhoso que não consegue se decidir. Ele está seguindo um caminho completamente diferente do meu e tudo o que eu mais quero é que voltemos para o nosso caminho e que sejamos muito mais feliz do que éramos antes! ?
Eu mudo o meu jeito, melhoro minhas atitudes. Eu refaço a minha vida, até jogo fora aquela camiseta que você não gosta. Mas diz que volta pra mim. Diz que a gente não acabou assim. Sem mais, nem menos, você simplesmente decidiu partir da minha vida. Mas eu te quero de volta! Eu mudo o que for preciso, abro mão do que não é necessário. Mas volta. Eu posso mudar tudo, menos a saudade de você.

Certas coisas que podem parecer sem importância pra você são algo de enorme significado do outro lado. Sentiu um desconforto? Percebeu uma expressão estranha, mesmo que corriqueira no seu companheiro? Preste mais atenção se não tem algo que o incomoda e não apenas nesse sentido. Por que não deixar uma cartinha de amor antes de sair de casa para o trabalho? Presenteá-lo inesperadamente com uma caixa de bombons, sem que seja uma data comemorativa? Fazer algo pequeno, mas que você nunca fez antes, para surpreendê-lo? Os detalhes fazem, sim, toda a diferença!
Concentre-se nos padrões, e não nos supostos erros da pessoa. Culpar os outros pelos nossos problemas é muito fácil, e talvez você se pegue dizendo algo como "Odeio quando você deixa as louças sujas na pia", ou seja, colocando a culpa no seu parceiro. Em vez disso, fique atento aos padrões de comportamento do casal — diga, por exemplo: "Quando esqueço de encher a máquina de lavar louça, você costuma deixar as louças sujas na pia, e elas acabam acumulando-se. Como podemos mudar essa situação juntos?".[8]
Ola tudo bem no meu caso ambos se ama, alem ser militar ele autoritario, mas estamos levando msm com briguinhas de ciúmes tava conseguindo ser fiz 2 meses pra cá mãe dele parou falar comigo por ciúmes doentio pelo filho, e como ele meio q filho.mamãe, to percebendo q está procurando mais motivos pra terminar msm me amando, agora n retirou relação ainda facebook e nem.e broqueou mas ta seco , só responde q falo apenas
×