Levem-se em consideração. Esqueçam por um momento o assunto específico da briga e concentrem-se em validar os sentimentos um do outro. Ouça com vontade quando o outro falar, evite interrompê-lo com a sua opinião ou ponto de vista e deixe a pessoa completar o raciocínio. Fique menos na defensiva e abra o coração.[4] Falem sobre o ponto de vista de cada um quanto à situação, tendo em mente que não há uma perspectiva “errada”.[5]
Expresse seus sentimentos. Livre-se do hábito de culpar o outro por tudo, o que pode deixá-lo na defensiva. É diferente falar: “Estou muito chateado por não ter visto você na festa ontem” e “Por que você não foi na festa ontem? Onde você se meteu?” Em vez de colocar o foco na outra pessoa, concentre-se em você. Seja dono dos seus sentimentos e expresse-os com honestidade na conversa. Pode parecer mais natural culpar ou acusar o outro, mas mantenha o foco em você e nos seus sentimentos.[9]

Tome uma certa distância. No calor da hora ou depois de se machucar com o resultado de um confronto, é difícil ver as coisas como elas são. Você pode começar a ver apenas o lado negativo do outro e encarar qualquer ato dele como uma forma de desafiar você. No entanto, com um pouco de distância, é possível voltar a enxergar a situação (e a pessoa) com mais clareza. Dê alguns passos para trás e permita-se recobrar a perspectiva. Quem sabe você não esteja sendo muito crítico e duro ou não tenha se responsabilizado pela sua parcela de culpa.[1]


Além disso, por experiência própria, posso garantir: eu só voltei com ex-namorados quando eles não se sentiam totalmente donos da situação. Quando eu ficava me humilhando, ligando e até indo de surpresa na casa deles – pasmem, eu já fui assim. Já fui a inconveniente que vai na portaria da pessoa e fica lá implorando afeto, mesmo sem ela querer me receber – ele fugia mais e mais. Quando eu sumia, por pior que eu estivesse, o mistério e a hipótese de ter me perdido de vez despertava hormônios que acabavam atraindo-a.
Saiba separar os momentos, viva mais para você, nao seja a chata q vai pertubar o dia todo com mensagem e esquecer de viver a própria vida. Aprenda a sumir um pouco e pensar mais em você, aprenda a fazer falta, se afaste por um momento, deixa ele correr atrás, deixa para ve quem vai sentir sua falta e vai te proucurar. Porque aquele que correr atrás de você pra saber como você esta, voce valoriza, porque esse realmente se importa.
Foram 40 dias intensos … Não nós deixamos de falar nem um dia .A gente é bem parecido e gostamos das msm coisas e nos encaixamos perfeitamente . E depois disso o tempo . Pq ele ainda não tava pronto …não existiu cobranças da minha parte até pq eu nem pensava em namoro ,tava só curtindo msm os momentos porem ele disse que precisa mudar . Que pensa no que os outros vão falar …enfim . Só que eu não consigo e nem quero esperar . Não acho que isso seja o certo vc esperar por uma pessoa que pode não voltar . Poxa se vc gosta vc deixa !? Difícil aceitar essa situação . Deixei ele ir na boa …não quiz mais contato .
Como falei aqui no começo do guia de como voltar com o ex, esse manual não é para quem tinha uma relação insegura, abusiva e tóxica. Se ele te tratava mal, te enganou, te traiu etc, por favor, vamos tentar superar esse seu ex juntas. Esse passo a passo são só para mulheres que tiveram um término ou separação por motivos mais “amenos”, digamos assim, e que querem uma nova chance.
Ola tudo bem no meu caso ambos se ama, alem ser militar ele autoritario, mas estamos levando msm com briguinhas de ciúmes tava conseguindo ser fiz 2 meses pra cá mãe dele parou falar comigo por ciúmes doentio pelo filho, e como ele meio q filho.mamãe, to percebendo q está procurando mais motivos pra terminar msm me amando, agora n retirou relação ainda facebook e nem.e broqueou mas ta seco , só responde q falo apenas
Diversos motivos podem ser apontados para que um cara deixe de te procurar. A maioria deles está relacionada ao fato de que os homens têm muito medo de compromisso, quase sempre. Mas cada caso é um caso e há outras possíveis razões para ele ter se afastado de você. Algumas dessas razões podem mesmo ser sua culpa, então não custa nada repensar seu comportamento antes de considerar o rapaz um tremendo cafajeste. 
×