Você não precisa mudar a si mesmo como seu parceiro deseja. Pelo contrário, o seu parceiro não precisa. No entanto, alterar-se como você acha que é melhor também contribui para resolver os problemas existentes, bem como ajuda você a ser aceito com mais facilidade. Além disso, o seu parceiro deve implementar algumas mudanças que são úteis para a fixação e permanecendo a relação.

Fale sobre os sentimentos que estão envolvidos. Sem voltar a brigar, fale sobre os sentimentos, situações e outros fatores que levaram aos problemas de comunicação. O mais importante é falar sobre o que vocês sentem. O que você estava sentindo antes da briga? E durante? Faça essas perguntas ao outro e conversem sobre as emoções com clareza e honestidade.[2]
Este artigo foi escrito em parceria com Allen Wagner, MFT. Allen Wagner é um terapeuta de casais e de família em Los Ângeles, Califórnia. Concluiu seu Mestrado em Psicologia na Pepperdine University em 2004. Sua especialidade é encontrar maneiras de melhorar o relacionamento de indivíduos e casais. Escreveu, em coautoria com sua esposa, Talia Wagner, o livro Married Roommates.
*Pensar que agora será diferente: talvez a relação seja igual, afinal, as pessoas que a constroem não mudaram de personalidade, certo? Portanto, você deve voltar porque ama estar com aquela pessoa, mesmo ela sendo cheia de defeitos e de erros, e não idealizando que ele mudou ou que será como você tanto projeta e imagina. Caso volte com o seu ex acreditando que tudo mudou, você só irá de decepcionar e não conseguirá manter nem um mês no namoro ou no casamento de novo.
Com todas as informações de como superar o ex e de como você tem sim outra opção ao invés de ficar insistindo em quem escolheu seguir sem você; com o recado dado de que você precisará de muita paciência para essa etapa; e também com a dica do trabalho do mestre em reconquistas, Gabriel Vilela, que desenvolveu o único método científico para despertar o hormônio do amor em um ex-namorado ou um ex-marido e fazê-lo relembrar como era feliz com você (clique aqui se ainda não leu. Pode te ajudar muito e trazer o seu ex de volta muito mais rápido), agora vou dividir coisas que eu mesma fiz para voltar com um ex, outras que não conhecia mas que fazem todo sentido – pois se tivesse realizado-as o resultado teria sido diferente – e também os conselhos dos profissionais de relacionamentos que entendem sobre recomeço de namoros e de casamentos. Vamos lá?
Tome uma certa distância. No calor da hora ou depois de se machucar com o resultado de um confronto, é difícil ver as coisas como elas são. Você pode começar a ver apenas o lado negativo do outro e encarar qualquer ato dele como uma forma de desafiar você. No entanto, com um pouco de distância, é possível voltar a enxergar a situação (e a pessoa) com mais clareza. Dê alguns passos para trás e permita-se recobrar a perspectiva. Quem sabe você não esteja sendo muito crítico e duro ou não tenha se responsabilizado pela sua parcela de culpa.[1]

Concentre-se nos padrões, e não nos supostos erros da pessoa. Culpar os outros pelos nossos problemas é muito fácil, e talvez você se pegue dizendo algo como "Odeio quando você deixa as louças sujas na pia", ou seja, colocando a culpa no seu parceiro. Em vez disso, fique atento aos padrões de comportamento do casal — diga, por exemplo: "Quando esqueço de encher a máquina de lavar louça, você costuma deixar as louças sujas na pia, e elas acabam acumulando-se. Como podemos mudar essa situação juntos?".[8]
Você achava que ele estava morto e enterrado, mas que nada, o fantasma ainda assombra. Manda e-mails pro seu amor, telefona de vez em quando, surge nos mesmos lugares em que vocês estão. Uma praga. Vocês construíram uma relação supersólida, está tudo indo mais do que bem, não há motivo para desconfiança ou insegurança. Mas até quando? O ser humano é saudosista por natureza. De repente, num momento de carência, você pode não estar por perto e o seu amor se deixar levar por uma sessão nostalgia. Quem garante que não?
Você pode não ser um médico, mas salvou minha vida, eu estou num relacionamento que as pessoas dizem ser de “porta de escola” mas tem muito amor envolvido e realmente, eu e ele somos muito imaturos pra namorarmos e começamos a namorar há uns 8 meses, nos últimos dois meses estamos numa bola de neve e quase chegando no fim da montanha, devo confessar que cheguei aqui e sinto que as coisas podem voltar a escalar a montanha ao invés de descer, muito obrigado mesmo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Você pode se casar com seu ex ou alguém do seu gosto. É a sua vida. Uma vida tão secreta e um sorriso falso não é digno de mim para ver qualquer valor disso. Sorriso falso, Promessas falsas, Falsa é tudo que me deu Falso amor. Há um pouco de traição, há pouco de dor. Sim, sua perspectiva relativa. Uma conversa aberta, um fechamento é tudo teria curado a ferida. Nós não conseguimos nada escondendo a verdade.
×