Você vive lindos momentos em um relacionamento feliz e pensa que encontrou a pessoa certa. Vocês combinam em tudo, se divertem juntos e os dias a dois são sempre intensos. Tudo parece perfeito até que de repente o comportamento dele começa a mudar e você fica confusa. A insegurança aparece e as brigas ficam cada vez mais frequentes. Você tenta entender o que deu errado e quer recuperar a paixão inicial, porém, as coisas vão ficando cada vez piores. Depois de muita tensão, chega o dia mais temido da sua vida: ele pede um tempo e você sabe que não terá volta.
Talvez o relacionamento não esteja dando certo porque uma das pessoas, ou ambas, não entenderam que estar com alguém é saber ceder. Como você pode controlar só os próprios atos, que tal enxergar em que pontos não está cedendo e, então, deixar as coisas serem mais como seu parceiro quer? Claro que não precisa ser tudo do jeito dele, mas a ideia é atingir um equilíbrio em que os dois sintam-se ouvidos e tenham suas opiniões consideradas para decisões importantes ou para simples escolhas, como onde jantar na sexta-feira à noite.
Oi.meu ex terminou cmg há 2 meses. Temos um filho juntos. Ele vem sempre ver o bebê o q dificulta eu me afastar. Um dia eu falei pra ele q a gnt n ia se ver mais pq iríamos ter uma recaída e quando ele viesse ver o nosso filho eu ia mandar outra pessoa entregalo, fiquei sabendo q ele entrou em desespero.! Ele olha pra mim diferente, sempre puxa mt assunto quando vem aqui em casa.estou deixando ele pr lá. Mais ainda gst mt dele e sinto q ele tbm gst d mim.
Seja esperta e use todos os recursos possíveis para esnobar, fazer ciúmes e mostrar a ele que você é muito melhor do que isso. Evite falar com o ex por iniciativa própria, mas seja simpática se for procurada. Mesmo que ele venha atrás, não entregue que ainda gosta e quer voltar, pois isso poderá tirar o interesse dele. Seja misteriosa, não deixe que ele saiba as suas reais intenções. O principal é que você se torne uma incógnita na cabeça dele, pois esse processo irá recuperar o interesse em entender o que você pensa e o que sente.
Assim, a primeira conversa cumpre a sua missão. Curta, tranquila e você à frente de começar e terminar o papo. Após isso, poderá voltar a falar com e novamente em alguns dias caso ele te procure, e sempre seguindo essa mesma linha um diálogo curto, feliz e que você seja a última a enviar algo, certo? Não vá meter os pés pelas mãos bem agora que você chegou até aqui, tá?

Tome uma certa distância. No calor da hora ou depois de se machucar com o resultado de um confronto, é difícil ver as coisas como elas são. Você pode começar a ver apenas o lado negativo do outro e encarar qualquer ato dele como uma forma de desafiar você. No entanto, com um pouco de distância, é possível voltar a enxergar a situação (e a pessoa) com mais clareza. Dê alguns passos para trás e permita-se recobrar a perspectiva. Quem sabe você não esteja sendo muito crítico e duro ou não tenha se responsabilizado pela sua parcela de culpa.[1]
Você precisa ser forte na arte da reconquista, pois mascarar os reais sentimentos para recuperar o amado será uma tarefa difícil e exigirá muito autocontrole. É necessário fazer o possível para realmente sentir-se bem, sair da depressão e ter motivação para seguir com o plano. Se tiver oportunidade de encontrar o ex, este provavelmente será o momento mais complicado, pois você não poderá ter nenhuma recaída sentimental.
Durante esse período sem contato, não fique de braços cruzados e nem espere que as coisas aconteçam como em um passe de mágicas. Agora você vai se transformar em sua melhor versão. Seu ex notará que você não é uma mulher insegura, e sim que é divertia, forte, sexy e cheia de autoestima. Aquela mulher que tem um ímã e que todos querem por perto, sabe?
Se souber que ele passou ou está passando por algo estressante, demonstre que você é o apoio dele. Seja autêntica, e se não tiver acontecendo nada, obviamente não invente, tá? Pode ser sobre o trabalho, sobre família, sobre qualquer coisa. Se mostre ao lado dele, diga que você está lá para o que ele precisar. A ideia é que ele possa de fato perceber como você é essencial em sua vida.
conversa honesta é também um dos passos sobre como corrigir um relacionamento que está quebrado. Depois de refletir sobre o seu relacionamento, é necessário para tanto de você para discutir os problemas em seu relacionamento quebrado. O importante é focalizando os sentimentos que o seu parceiro e você está sofrendo em vez de criticar os erros. Mostrar o seu parceiro que você está disposto a ouvir o seu sentimento sobre o assunto. E você também deve expressar seu sentimento também. Ambos você pode entender um ao outro e evitar repetir esse erro.
A primeira coisa que entre os passos sobre como consertar um relacionamento que está quebrado é o de compreender a causa. Normalmente, existem muitas razões para um relacionamento quebrado. Então, você precisa saber o que são, a fim de tentar corrigi-lo. Você precisa pensar em todas as coisas como a extensão, as mudanças em seu relacionamento. Você também precisa avaliar as razões para os problemas e observar o seu parceiro também. Você pode saber que você está faltando alguma coisa. Desde então, você pode entender muito mais sobre seus problemas em outros aspectos a pensar na solução.
O Gabriel Vilela, que como eu disse, criou um método revolucionário mundo a fora de como reconquistar um ex, afirma que sim. E se você quer aprender com quem realmente pode te ajudar a voltar com o ex, CLIQUE AQUI porque ele já fez mais de 60 leitoras do UNIDAS DA FOSSA a recomeçarem com seus ex. Você pode ver os comentários positivos delas e as resenhas lá no nosso grupo do Facebook ou nos comentários dos vídeos no Youtube.
Se sentir que não consegue controlar o nervosismo, evite ao máximo estar no mesmo ambiente que ele. Quando estiver perto, não encare e não fique em volta. Tente enxerga-lo como um simples amigo e agir naturalmente para que o plano funcione com eficiência. Lembre-se que todo o sofrimento será recompensado quando você puder abraçá-lo novamente com a certeza de que, dessa vez, nada mais vai dar errado.
Hoje, por ventura é seu aniversário, e mesmo sabendo que após o termino, nossa amizade não seja mais a mesma e que nós estamos nos afastando ainda mais a cada dia que se passa, queria que você soubesse que mesmo após tudo o que vivemos, e que o destino infelizmente nos levou para caminhos diferentes dos nossos planos, você continua sendo uma pessoa muito importante para mim. Sempre serei grata pelas horas que você me confortava, enxugava minhas lágrimas e colocava um sorriso em meu rosto.. Revelei a você um lado que poucas pessoas haviam visto, te mostrei minhas imperfeições e aos poucos você foi me consertando e me fez ter vontade de ser alguém melhor. Sempre me fiz de forte, mas é como se fosse uma máscara, pois eu tentava segurar o peso do mundo sobre meus ombros e então quando a pressão ficava grande, eu simplesmente desabava, por ser fraca demais.. Mas eu seu lado eu sentia que era mais forte, que realmente era capaz de fazer algo. Devíamos ter nos lembrado daquela letra suave do Renato Russo, “Se lembra quando a gente chegou um dia a acreditar, que tudo era ‘pra sempre’, sem saber que o ‘pra sempre’, sempre acaba..” Eu realmente acreditei no ‘pra sempre’. Havia algo diferente em você, suas palavras foram me conquistando aos poucos, e em pouco tempo você se tornou parte essencial da minha vida, mas como tanto outros, estou te perdendo aos poucos.. Vejo você escorregar de pouquinho em pouquinho pelos meus dedos e não sei o que fazer.. Queria pedir desculpas, não fui o tipo de amiga que você merece, mas quero te desejar do fundo do coração tudo de melhor, porque você merece, e pra terminar, eu queria que você soubesse pelo menos uma última vez que você ainda é muito importante para mim, apesar de tudo, ou por causa de tudo. 
Eu nunca menti. Eu nunca enganei. Você me culpou por tudo e até por coisas que não fiz. Mas você pode me culpar o quanto quiser, meus ombros têm força de sobra, porque finalmente estou livre de você. Agora eu posso viver a vida do jeito que eu quero. Sem você, posso finalmente devolver minha vida a Deus, pois não tenho mais ninguém para agradar além de mim e meu criador. Eu posso ser melhor eu sem você.
O Gabriel Vilela, que como eu disse, criou um método revolucionário mundo a fora de como reconquistar um ex, afirma que sim. E se você quer aprender com quem realmente pode te ajudar a voltar com o ex, CLIQUE AQUI porque ele já fez mais de 60 leitoras do UNIDAS DA FOSSA a recomeçarem com seus ex. Você pode ver os comentários positivos delas e as resenhas lá no nosso grupo do Facebook ou nos comentários dos vídeos no Youtube.
Assuma a responsabilidade. Reconheça sua contribuição para a discussão. Admita que você acusou o parceiro, disse algo ruim ou falou algo antes de saber de toda a situação. Admita se você se fechou emocionalmente, se está sem energia, se está descontando o estresse no outro ou não se importando com ele. Seja responsável pelas suas palavras e ações sem envolver a culpa.[6]
×