Além disso, não seja negativa, dramática, carente ou muito apegada. Tudo o que ele precisa é relembrar os pontos positivos de ter você por perto. Por isso, mostre como você está segura, está feliz e faça ele sentir que realmente você é uma nova mulher. Não tenha nenhuma DR, não fale em voltar, não cogite se declarar e nem nada disso. Dê tempo ao tempo. Essa é ainda a primeira de muitas vezes que vocês estarão perto. Não se afobe.
Evite o círculo vicioso da exigência e retração. Esse pode ser um comportamento comum em um relacionamento: uma das pessoas traz um assunto à tona (como limpeza da casa, dinheiro ou cuidados com os filhos) e a outra pessoa se retrai imediatamente (cruzando os braços ou se desinteressando imediatamente, por exemplo). Ao perceber esse círculo nas suas brigas, aprenda a barrá-lo logo no começo. Por exemplo, se a reação de retração for cruzar os braços, perceba se você (ou o outro) começa a fazer o gesto e tome uma abordagem diferente. Peça “um tempo para pensar” e volte quando você sentir que pode lidar de modo diferente com o outro.[8]
O Gabriel Vilela, que como eu disse, criou um método revolucionário mundo a fora de como reconquistar um ex, afirma que sim. E se você quer aprender com quem realmente pode te ajudar a voltar com o ex, CLIQUE AQUI porque ele já fez mais de 60 leitoras do UNIDAS DA FOSSA a recomeçarem com seus ex. Você pode ver os comentários positivos delas e as resenhas lá no nosso grupo do Facebook ou nos comentários dos vídeos no Youtube.

Olá Carla. Você não me falou exatamente sobre seu problema. Apenas falou de uma forma muito por cima. É difícil de ajudar sem entender como era o relacionamento de vocês. Mas pela minha experiência, quando alguém fica confuso na relação, significa que não sente mais atração (apesar de ainda amar). É possível que ele esteja de autoestima baixa e duvidando de si mesmo que pode te fazer feliz. Geralmente isso acontece quando ele é muito criticado ou cobrado.


Passem algum tempo restabelecendo a conexão. Quando começamos a namorar, passamos muitas horas conversando com a outra pessoa e descobrindo do que ela gosta — nós falamos sobre medos, interesses, coisas que amamos e coisas que detestamos. Porém, nos relacionamentos de longa data, esses diálogos podem desaparecer completamente. Nesse caso, você precisará fazer um esforço consciente para reservar tempo para conversar com a pessoa amada diariamente, reconstruindo o vínculo. Todos os dias, separe um momento a dois para ter conversas mais profundas, indo além dos problemas cotidianos.[22]

Sair da rotina pode ajudar a tirar o relacionamento da crise. Às vezes, na zona de conforto, acabamos indo sempre nos mesmos lugares e fazendo as mesmas coisas e, assim, o tédio chega. Pense, então, nos passeios que você e seu par nunca fizeram, nas comidas que nunca comeram, nos shows que nunca assistiram. As novidades podem fazer vocês verem como ainda têm muito a descobrir juntos e reacender aquele sentimento que os fizeram construir essa relação.


Ela decidiu se afastar de você, não te procurar, nem se quer sorrir pra você. Tomou essa decisão porque não se sentia mais importante pra você. E claro, está sendo difícil, ela está enfrentando uma guerra interna contra si mesma. Mas não pode voltar atrás, não dá pra ficar se iludindo de que isso seria importante pra você, ou mudaria sua vida te fazendo um pouco mais feliz. Ela se afastou e você nem sequer notou, se importou ou à procurou. Com certeza ela tomou à decisão certa, mesmo sendo um pouco difícil, ela vai viver assim. Ela se importou demais; e mesmo que ainda se importa um pouco, isso não é e nunca seré suficiente pra você. Toda a preocupação, todo esforço, toda corrida que ela sempre fez pra te ver, nada, N-A-DA que ela fez bastou pra você. Ela se queria atenção e carinho sem ter que pedir ou implorar. Por isso que agora ela segue em frente com a vida dela. Porque pra ela, você
Ola tudo bem no meu caso ambos se ama, alem ser militar ele autoritario, mas estamos levando msm com briguinhas de ciúmes tava conseguindo ser fiz 2 meses pra cá mãe dele parou falar comigo por ciúmes doentio pelo filho, e como ele meio q filho.mamãe, to percebendo q está procurando mais motivos pra terminar msm me amando, agora n retirou relação ainda facebook e nem.e broqueou mas ta seco , só responde q falo apenas
Quando foi embora eu chorei, chorei muito, chorei pra caralho. Achei q minha vida tinha acabado naquele momento, eu me vi dentro de uma caixa escura, sem nenhuma brecha por onde eu poderia escapar, sentir-me afogando dentro de uma caixa pequena com uma tampa com um peso incalculável. Tentei me imaginar sendo feliz sem você e só o q eu via, era eu não conseguindo me prender a mais ninguém, e me via implorando para te ter de volta. Mais aquele sentimento de angustia foi ficando, mais e mais forte até que eu adormeci, no começo achei que não adiantava de nada esse sono repentino, por que até lá esse sentimento me acompanhou. Mas a diferença veio quando eu despertei  com a sensação de que nada havia acontecido, com a mente leve, respiração calma e limpa. Dai apaguei tudo que me fazia lembrar de você, apaguei contato, fotos, musicas, mensagens, te bloquiei, no momento não pensei em nada, só fiz o q meu coração pedia, levantei lavei o rosto e me olhei no espelho e disse a mim mesma: - você nasceu com ele? Você sobrevive de que? De amor? Respira amor? Quando você não conhecia ele você não vivia bem? Então vai morrer agora porque? Dai vi que a dor da sua ausência não me acrescentava mais, q sua ausência não influenciava mais no meu humor. Então eu resolver te desbloquear, pq sua felicidade já não me incomodava mais. Dai eu decidir fazer de mim mesma a minha própria felicidade, e pronto to fazendo isso até hoje! Sinto sua falta? Sim, sinto muito, ainda doi quando me lembro de você, mais sabe como me lembro de você hoje? Lembro de você como uma coisa que foi muuuito boa… Sabe aquela vontade de conversar contigo toda noite? Pois é, ela aparece todos os dias, mas eu vi que Deus não dar a ninguém nenhuma dor que possamos aguentar, e que nenhuma dor dura para sempre, e sim tempo suficiente para que aprendemos a crescer sozinhos..
Isso é algo super comum. Inclusive, eu mesma terminei alguns relacionamentos porque pensar que seria mais feliz sozinha e depois de um tempo percebia que as coisas com ele não era tão ruim assim. Logo, me arrependia. O problema é que quando isso acontece, significa que a pessoa ficou em segundo plano e provavelmente não confiaria de novo em quem a deixou. Mas em breve falaremos das maneiras de consertar isso.
Isso resume tudo. Eu fiz expectativas claras com as pessoas que conheço. Eu sempre me falo de lembranças felizes. Eu corrigi meus erros. Eu entendi. Você tentou atrapalhar meus pensamentos. Eu sou gentil mesmo se eu terminar com você, eu tentei evey maneira de resolver isso. É uma vida simples, acho que você não conseguiu nada me fazendo sentir mal. Caráter é o que você seria quando se lembra de como a pessoa viveu para você. Eu vivi até as minhas palavras.
Autocontrole é tudo. Você só conseguirá modificar um comportamento recorrente quando estiver completamente convencida do quanto ele é nocivo. Na verdade esses comportamentos costumam ser indício de problemas mais profundos, que devem ser trabalhados a longo prazo. Para começar, deixe que o cara sinta sua falta. Saudade é bom e permite que o relacionamento se desenvolva de uma forma mais natural e saudável, para os dois lados. Se, por fim, você perceber que não consegue mesmo cuidar disso sozinha, que tal procurar a ajuda de um profissional, como um psicólogo, por exemplo?

E agora vem a parte dos agradecimentos: Obrigada, por me ensinar a viver sem você, a viver sem algo que eu achava que era insubstituível, mas se tornou substituível, não porque quis te trocar, mas sim porque fui obrigada a fazer isso, obrigada por me dar a escuridão, e perceber que nela encontrava o meu refúgio. Obrigada por ter me dado de novo a angústia de ter mais uma perda, e perceber que elas são necessárias. Obrigada por escolher me deixar quando era a última coisa que você dizia que ia fazer. Obrigada por ter prometido ficar comigo, e ter ido embora. Obrigada por fazer eu me tornar mais forte, e capaz de enfrentar o mundo.
×