Se sentir que não consegue controlar o nervosismo, evite ao máximo estar no mesmo ambiente que ele. Quando estiver perto, não encare e não fique em volta. Tente enxerga-lo como um simples amigo e agir naturalmente para que o plano funcione com eficiência. Lembre-se que todo o sofrimento será recompensado quando você puder abraçá-lo novamente com a certeza de que, dessa vez, nada mais vai dar errado.
Esqueça o passado. Durante uma briga, a tentação para insultar o outro ou fazer comentários injustos sobre o passado pode ser muito grande, já que você sabe melhor do que ninguém como atingir seu parceiro. No entanto, esse tipo de atitude só servirá para deixar todos os envolvidos ainda mais irritados, talvez prejudicando a relação de maneira irreversível. Mantenha o foco no problema atual.[19]
Alguma parte de mim sentiu a perda. Alguma parte de mim viu os pontos positivos. Alguma parte de mim viu as coisas que faltavam. Alguma parte de mim tinha perguntas não respondidas. No geral, não foi um sentimento feliz. Eu não tenho sentimentos e tudo morreu devagar. Mas nós merecemos tal ódio para alguém que se importasse mais. Eu não acho que valeu a pena. Eu sempre senti que vamos trabalhar em soluções. Eu estava tendo um tempo difícil para equilibrar as emoções. Espero que você esteja bem na sua vida. Algum dia, quando você quiser limpar o ar e fazer a paz entre nós, fique à vontade para me ligar.
Meu ex terminou comigo tem 4 meses, eu literalmente não sei o que fazer, eu amo ele mais que qualquer coisa, ele é a maior prioridade na minha vida, a gente estuda na mesma sala isso me corrói por dentro cada dia mais e mais, eu não sei o que fazer. Vi um desabafo dele no facebook dizendo : EU AINDA AMO MINHA ÊX, MAS SOU TÃO BOSTA QUE MEU ORGULHO FALA MAIS ALTO, eu corri atrás dele mais de 10 vezes e ele não dava a mínima idéia, agora que ele mudou pra mesma escola que eu e estamos na mesma sala, parece que ele se decidiu, mas é tão orgulhoso que não consegue se decidir. Ele está seguindo um caminho completamente diferente do meu e tudo o que eu mais quero é que voltemos para o nosso caminho e que sejamos muito mais feliz do que éramos antes! ?
Compartilhem as suas inseguranças. Reflita se há vergonha no relacionamento. Você e o seu parceiro podem se envergonhar de algum comportamento, ou um dos dois pode tentar envergonhar o outro em uma briga. Esforce-se ao máximo para manter a humilhação fora do relacionamento. Se houver esse sentimento, fale com o parceiro. A culpa e a vergonha não motivam o comportamento positivo nem incentivam mudanças.[15]
Ola tudo bem no meu caso ambos se ama, alem ser militar ele autoritario, mas estamos levando msm com briguinhas de ciúmes tava conseguindo ser fiz 2 meses pra cá mãe dele parou falar comigo por ciúmes doentio pelo filho, e como ele meio q filho.mamãe, to percebendo q está procurando mais motivos pra terminar msm me amando, agora n retirou relação ainda facebook e nem.e broqueou mas ta seco , só responde q falo apenas
×